A Lua nos diferentes tarôs


Waite Representa a vida da imaginação separada da vida do espírito. A luz intelectual é um reflexo a além dela está o mistério desconhecido que não pode aparecer. A mensagem é: “Paz, fica quieta; e poderás acalmar a natureza animal, enquanto o abismo por baixo perderá substância.” Inimigos ocultos, perigo, calúnia, escuridão, terror, decepção, forças ocultas e erros.



Marselha No tarô de Marselha, este arcano personifica o elo indivisível e persistente que une o plano físico ao plano astral. A lua também aqui mostra a interpretação deformante que o homem introduz nos elementos conjugados destes dois planos.


Mitológico A lua neste caso está relacionada com a mitologia da deusa Hecate. Hecate na mitologia era filha de Zeus e Hera, desperto a ira de sua mãe ao rouba um pote de carmim. Fugiu para a terra e escondeu-se na casa de uma mulher que acabara de dar a luz. Esse contato tornou-a impura, foi então levada até as trevas para ser purificada. Chegando lá, torno-se a rainha, sendo chamada de Rainha Invencível, presidiu todos os rituais e cerimônias de purificação e expiação. No sentido adivinhatório, a carta da deusa Hecate, a deusa da lua, indica u período de confusão, de flutuação e de incertezas. Estamos á beira do inconsciente e não podemos fazer nada além de esperar e nos agarrar ás imagens dos sonhos com uma vaga sensação de esperança e fé.


Egípcio O Crepúsculo Em síntese no tarô egípcio, mostra o momento do encontro consigo mesmo, no sentido de se identificar, descobrir os seus dons, as suas capacidades, o seu jeito, o que você gosta. É uma carta que diz que você pode colocar em cena o personagem que mais gosta de ser que é você mesmo. Representa um momento de muita reflexão, onde a pessoa está permitindo ser mais ela. Onde ela está se assumindo, independente do que as pessoas que vivem ao redor dela pensam ou digam.  


Tarô dos Santos Sob a lua, está Maria como a Rainha do Paraíso, uma imagem baseada em sua descrição no Apocalipse, 12:1: “Viu-se um grande sinal no céu: uma mulher do sol, tendo a lua debaixo dos pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a cabeça”. De suas mãos, ela irradia a graça, o perdão divinos. Ela representa o amor incondicional, o perdão, à noite, uma época de descanso e a maternidade. Não é o momento de seguir adiante, é o de descansar e de se recuperar, perdoar a si mesmo e os outros.

SS Martinelli

Nenhum comentário:

Postar um comentário

->